Cultura Sociedade

Sinfoniónicos voltam a juntar a família para aprender sobre música


Obras que explicam o alcance dos instrumentos e remetem para o universo cinematográfico serão apresentadas na segunda edição do Sinfoniónicos, no dia 24 de novembro, no Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira.

Privilegiando a educação para a música, o Município de Santa Maria da Feira, em conjunto com a Banda Sinfónica de Jovens, volta a promover mais um momento Sinfoniónicos. No primeiro concerto, realizado em março, a orquestra deu a conhecer os seus instrumentos através da obra de Benjamin Britten. Neste segundo concerto, a proposta é uma obra do compositor americano Daniel Kallman, com o mesmo propósito, chamada ‘Yankee Doodling: Guia da Banda Sinfónica de Jovens’.

Mais uma vez, o narrador dialoga com a banda e o público, esclarecendo os vários naipes e instrumentos enquanto se desenrola uma obra musical imaginativa e divertida, baseada numa antiga canção patriótica americana. A música apresenta-nos o tema principal como base para muitas variações e passagens contrastantes que servem para ouvirmos cada um dos naipes e, além disso, todos os instrumentos, um por um, em destaque.

O programa inclui ainda ‘Marchas de Arraial: Marchas de Coreto’, do jovem compositor português Nelson de Jesus, cujo trabalho é reconhecido pela abordagem inteligente, modernizadora e instigadora do papel histórico, social e artístico das bandas de música em Portugal. Em Marchas de Arraial, salienta aspetos musicais da atividade das bandas de música nas festas populares, denotando o supremo conhecimento dos seus contextos mas também explorando as convenções musicais tradicionais fazendo uso da crítica irónica, com uma orquestração que evoca universos cosmopolitas como a música de cinema.

E por falar em cinema, Sinfoniónicos termina com uma homenagem ao mundo maravilhoso de Harry Potter, cujas bandas sonoras de grande qualidade são baseadas na técnica leit-motif, recorrente no cinema e na ópera, que consiste na associação direta de uma ideia musical a uma realidade ou conceito. Um poderoso auxiliar da narrativa que resulta em que cada peça da saga tenha uma identidade forte que permite aos espectadores reconhecerem claramente os momentos, personagens, emoções ou lugares correspondentes à música. No concerto, serão evocados os temas de Harry Potter e a Pedra Filosofal e Harry Potter e a Câmara de Segredos.

Sinfoniónicos tem lugar no dia 24 de novembro, às 11h30, no Cineteatro António Lamoso, destinado às famílias, com o custo de 2,5€. O concerto, dirigido pelo maestro Paulo Martins e comentado por Jorge Castro Ribeiro, promete explicações simples sobre instrumentos e curiosidades do complexo e fascinante mundo sinfónico, com conteúdos multimédia e interação com o público, completando uma experiência rica e divertida.